Frear….Ai Que Medo!!!

6 comentários

“Professor, professor… Se eu soubesse que frenar era desse jeito, não bateria no caminhão na Marginal…”

Essas foram palavras de um aluno, que participava de meu curso de pilotagem defensiva, depois de um intenso treino de frenagem. Fiquei surpreso, pois suas palavras saiam de sua boca com lágrimas nos olhos. Percebi, aí, o quanto precisamos de trocas de experiências. Ele é moto boy, e participava de um curso obrigatório exigido pela empresa GDJ, para poder ganhar seu pão. Por isso, esse artigo é em homenagem a este moto boy, que, infelizmente, não me lembro o nome dele.

Para entender a prática de uma frenagem eficiente ( lembrem-se: frenagem emergencial), é necessário entender que NÃO SÃO OS FREIOS QUE FAZEM PARAR A MOTO, MAS SIM A ADERÊNCIA DA BORRACHA DO PNEU AO SOLO!!!

Freie somente o freio dianteiro. Para onde se deslocou o peso da moto e o peso de seu corpo?
Para a roda da frente. Onde, então, está a maior aderência do pneu ao solo? No pneu dianteiro.

Agora, freie somente o freio traseiro. Para onde foi o peso da moto e de seu corpo? Também para a roda dianteira. Isto explica o porque, quando utilizamos muito forte o freio de trás, a moto derrapa, pois a aderência traseira é menor do que a aderência dianteira. Pura física. De qualquer forma os pesos se deslocam para a frente, causando maior aderência ao solo pelo pneu dianteiro. O freio traseiro é muito bom, mas ao frear não existe aderência suficiente, ou peso suficiente, para dar aderência eficiente a moto.

Então vamos ” pegar ” forte o manete dianteiro?!. De certa forma sim!

Veja esta situação: você está acelerando e, ao mesmo tempo, está com aqueles dois dedinhos no manete dianteiro prontos para qualquer eventualidade de perigo que precise frear. De repente algo aparece a sua frente…. e agora??? Seus dois dedinhos entram em ação: freou e ao mesmo tempo, sem querer, acelerou. Seus dois dedinhos não deram força suficiente para forçar mais a frenagem. Ao mesmo tempo você acelerou, perdendo eficiência para frenagem. Usou, também, a embreagem, pois era necessário neutralizar o motor para não deixar a moto ir embora, pois estava acelerando ao mesmo tempo que estava freando, deixando a moto mais solta ainda. Restou, então, a opção de usar mais forte o freio traseiro. Mas, aonde estava todo o peso, ou toda a aderência do pneu ao solo??? Na roda da frente. Assim, seu desespero aumentou…a moto saia de trás…. para lá e para cá…ai que medo é frear. Muitos acidentes acontecem na hora de utilizar os freios. Não sabemos a dosagem certa, a força correta de usar o pedal traseiro ou o manete dianteiro.Então, temte fazer o seguinte:
1- feche a mão direita na manopla do acelerador. Não deixe os dois dedos no manete de freio.
2- na hora que precisar usar o freio dianteiro, em uma frenagem emergencial, lance os quatro dedos para o manete de freio. Você perceberá que será automática a desaceleração, pois seus quatro dedos “empurram” a mão desacelerando a moto, não necessitando, assim, utilizar a embreagem. O freio motor ( sem a embreagem) ajudará a moto a parar com eficiência.
3- os quatro dedos no manete dão mais força na frengem, ao invéz dos dois dedos. Desta forma, não há a necessidade de utilizar, com brutalidade, o pedal do freio traseiro, evitando a moto derrapar.
4- a sencibilidade dos quatro dedos ajudará, também, a amainar a força no menete, se a moto “sair” de frente, pois você aliviará sua força e logo em seguida dará força novamente para conseguir uma frenagem de Valentino Rossi. Desculpem-me, Valentino Rossi não freia, acelera. Foi mal essa!!!

É muito bom experimentar novas sensações, compartilhadas a novos conhecimentos. Então, enquanto não fizer um curso de pilotagem defensiva, experimente esse novo gostinho de frenar sua moto com mais segurança e eficiência. O moto boy, acima citado, que o diga.

Agradeço por este artigo ao aluno mencionado, mas também ao grupo Falcononline, pois frenaram com muita eficiência e coragem suas “magrelinhas” em meus cursos.

Lembrem-se: OS FREIOS PARAM AS RODAS, MAS NÃO PARAM A MOTO. ISTO VAI DEPENDER DA ADERÊNCIA DO PNEU AO SOLO. Cabe,então ao piloto, ter a sencibilidade de saber qual é essa aderência, onde ela está e que tipo de solo e pneu utilizamos.

Abraços a todos.


  1. Amaral meu irmão de coração,
    desse jeito não precisaremos mais fazer curso……
    você coloca tudo tão bem detalhado e explicado que só o teórico basta pra aprender a pilotar com segurança.
    Não esqueça aquele velho jargão do final do curso, “moto é feita para pessoas de EQUILIBRIO””””
    Super abraços e parabéns, você esta dando um curso perfeito pela net.

    E depois quer que eu acredite que você não tinha intimidade com o computador!!!! Me engana que eu gosto.
    Abraços e saudades
    Julio Cesar

  2. Fala grande Amaral… Muito legal este blog, assim como o curso. logo estarei juntando mais uns FOLmiliares pra fazer o curso…

    Abraços e Boa Sorte.

    haaa, só pra lembrar o meus vídeos que vc fez…

    Caê

  3. Fala Amaral blz ?

    Segue um link da globo.com que achei interessante sobre curvas de moto.

    http://tvautoesporte.globo.com/motos/0,,MAT0043-8,00.html

    Abraço,

    Michell

  4. Pois é Amaral…. frear parecia uma coisa simples…. mas como eu fazia essa “coisa” simples errada!
    Mudei muito meu conceito sobre várias manias ao pilotar uma moto, depois de fazer o curso… e uma delas foi o modo de frear com eficiência. Quanta diferença.
    Parabéns pela explicação sobre a freagem emergencial… muito bem detalhada.

    Um grande abraço irmãozinho….
    Mauricio “Atropelador”(Saharamaníacos).

  5. Caro Amaral, pena que a chuva de sábado (11/07/09) assustou bastante e o curso do dia 12/07, acabou cancelado, mas se Deus quiser não faltará oportunidade de fazer uma aula contigo, pois, tenho certeza, aprednderei muito, já que apenas através do seu blog, muito bom diga-se de passagem, já pude constatar o quanto eu freio errado (dois dedinhos no manete de freio hahaha)!!!…
    …sério, agora estou tentando me habituar a frear com os 4 dedos no manete e já senti uma enorme diferença.

    Estou ancioso para poder participar de seu curso!!! Um grande abraço, muito obrigado pela atenção e mais uma vez parabéns pelo Blog,

    Tirson

  6. CAra perfeita a matéria… mto bom mesmo mto obrigado mesmo ajudou demais vou pegar mais detalhes do curso pq se em um post já aprendi tanto que dirá no curso…

    valeu abraços e mtos roles pro cê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *