O Que Significa, Pra Você, Empatia no Trânsito?

4 comentários


Amigos, alunos e leitores queridos: o que significa EMPATIA? E como podemos usá-la no trânsito ou mesmo em nossa vida cotidiana?

Vejam o seguinte: EMPATIA não é a mesma coisa de SIMPATIA, do qual significa ter afeição, gostar de alguém sem ter conhecimento desse alguém, sem preconceitos.

Também, não é a mesma coisa de ANTIPATIA, do qual significa não ter afeição, não gostar de alguém, sem mesmo conhecer este alguém, com preconceitos. Também, não é a mesma coisa de APATIA, do qual significa “não está nem aí” com o próximo. Não ter a qualidade, ou o hábito, de se preocupar com a pessoa. Não ter nenhum tipo de sentimento com alguém que convivemos. Lembrem-se: nosso convívio está em qualquer lugar, no trabalho, no lar, na escola e até mesmo no trânsito. Só que é no trânsito que colocamos o maior número de tipos de sentimentos. É no trânsito que sentimos SIMPATIA, ANTIPATIA, APATIA e EMPATIA com maior expressão, com maior facilidade, com maior poder.

Então, e aí, já sentiu tudo isso que falei acima? Já sentiu, ou já expressou EMPATIA? Afinal, o que é, EMPATIA? Como podemos colocar em prática esta atitude para evitar acidentes?
Já teve vontade de xingar alguém no trânsito, porque este alguém “fechou” sua moto e você quase se acidenta com esta atitude do motorista?Tente se lembrar desta ocasião: este motorista usou o pisca? Se usou, porque você o xingou? Por que não o deixou entrar na sua frente? Pense no contrário: quantas vezes você usou o pisca para sinalizar que entrará para outra faixa na via, e outros não o deixaram fazer isso? Você xingou por causa disso? Talves tenha pensado o seguinte:”…caramba! estou sinalizando e ninguém me respeita!…” . Mas quantas vezes você respeitou a sinalização dos outros? Neste exemplo, podemos notar o significado de EMPATIA. Significa: colocar-se no lugar do outro e tentar sentir o que o outro sente.
O que eu quero dizer é que, infelizmente, como seres humanos imperfeitos, nós nos esquecemos que somos pedestres quando estamos dirigindo nosso carro ( isto é, enquanto motoristas, NÃO somos pedestres). Assim esquecemos que pedestres podem errar. EMPATIA é reconhecer que mesmo dirigindo nosso carro, continuamos sendo pedestres ( aqueles que atravessam fora da faixa, por entre os carros, ou seja, os “folgados”).
Em relação ao exemplo acima, também nos esquecemos que, enquanto somos pilotos de motos, somos também motoristas de carro. Portanto, usar EMPATIA significa, neste caso, que cometeremos os mesmos erros, ou acertos, dos quais os motoristas cometem. Assim, tente sentir o que o outro pensa. Tente ver se você faria o mesmo se estivesse no lugar daquele motorista, ou daquele pedestre, ou daquele motociclista em sua via de trânsito.
Aqui, em meu local de trabalho, localizado em uma esquina movimentada, observo o seguinte: de cada dez ( 10 ) carros que entram nesta esquina, somente três (3) usam a sinalização do pisca. Imaginem como os quem vêm atrás destes motoristas se sentem com esta atitude egoísta. Pedestre?! Não conseguem saber, ao tentarem atravessar, se o carro vai entrar ou não!. Aí só escuto xingamento, palavrões etc.
Porém, o mais engraçado de tudo isso é: nesta mesma esquina de cada dez (10) motos que entram, uma (01) usa a sinalização. Lembrem-se. EMPATIA é se colocar no lugar do outro e sentir o que o outro sente. Esta mesma empatia pode muito bem evitar muitos acidentes.
Como poderemos treinar o uso desta atitude EMPÁTICA?
Observe cada atitude que os outros cometem no trânsito. Quantos erros? Quantos acertos? São atitudes SIMPÁTICAS? Se sim, seja empático e se coloque no lugar dele e o imite. São atitudes ANTIPÁTICAS? Se sim, seja empático e se coloque no lugar dele e tente sentir o porque ele está assim. São atitudes de APATIA? Se sim, seja empático e se coloque no lugar dele e tente não imitá-lo.
Antipatia, Simpatia, Apatia ou mesmo Empatia são reflexos das atitudes dos outros. Seja EMPÁTICO com você mesmo, pois só assim perceberá que você é o outro também.
Termino este post com a famosa “Regra Áurea”: FAÇA COM OS OUTROS AQUILO QUE VOCÊ GOSTARIA QUE FIZESSE COM VOCÊ ou melhor dizendo: NÃO faça com os outros aquilo que você NÃO gostaria que fizesse com você ( Jesus Cristo)
Podem ter certeza, esta frase acima é exemplo de EMPATIA.

Um grande abraço a todos.

  1. Sábias palavras, como sempre!
    Esse artigo tem um valor muito amplo, quer seja para a moto, quer seja para o carro, quer seja para o pedestre, quer seja para a vida.
    Parabéns!
    Amo você!
    Geórgia

  2. fala Carlos, conseguiu ir lá no CCO visitar a maquete? não consegui te add no orkut , nao tenho o seu e-mail… abraços

  3. qualquer coisa me add lá: leonardo bartikevitsch.. falow

  4. Parabéns, Amaral….

    Só para variar um pouquinho, nos fazendo refletir!

    Queremos mais matérias….

    Abrazzzz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *